.:Quem sou eu?...boa pergunta:.

by Mystic Dream Nome: Fada
Apelido: Rasta
Idade: Aquela que a mente permitir...por vezes 8, outras 18 e em algumas ocasiões, 108...
Lugar? Qualquer um dentro de mim...onde eu possa ouvir o som das águas, ou das folhas sendo arrastadas pelos ventos...


.:Um por quê para isso tudo sería interessante...:.

Pela vida cheia de intensas surpresas,
algumas amáveis,
outras nem tanto,
crio aqui uma extensão de mim,
uma válvula de escape para os meus sonhos tão distantes,
e ao mesmo tempo tão vibrantes.

Deixo aqui o que resulta dos meus sentimentos,
o que pesa em meu peito,
e o que traz a leveza da paz sentida às vezes.

Entre contrastes,
eis aqui o que sou,
eis aqui o que estou vivendo,
bem como estará também subentendido o que desejo para o futuro.

Bem vindo ao meu diário.
E que o caos seja bem vindo!





.:Como me sinto hj?humm...:.


.:Perfil...:.




BRASIL, Mulher, de 20 a 25 anos, Arte e cultura, Música











.:Histórico:.


- 16/08/2006 a 31/08/2006
- 01/07/2006 a 15/07/2006
- 01/06/2006 a 15/06/2006
- 16/05/2006 a 31/05/2006
- 01/04/2006 a 15/04/2006
- 01/03/2006 a 15/03/2006
- 16/02/2006 a 28/02/2006
- 01/02/2006 a 15/02/2006
- 16/01/2006 a 31/01/2006
- 01/01/2006 a 15/01/2006
- 16/12/2005 a 31/12/2005
- 01/12/2005 a 15/12/2005
- 16/11/2005 a 30/11/2005

.:Blogs Amigos:.

:: Brenda
:: Camila
:: Camila Lee
:: Cyntia Veras
:: Diego Lopes
:: Guerreiro Brazuca
:: Irina
::
:: Juliana Cordeiro
:: Miss Rasta
:: Monique Sena
:: Monique's Blog
:: Nonô
:: Samaritana



.:Calendário:.




.:Sites Interessantes...:.
- Say
- Nick
- Coca da Boa!!!
- Retratos do Piauí
- Cinema
- Curta o Curta
- Piauí Pop
- Torquato Neto
- Teófilo Lima
- UOL - O melhor conteúdo




.:Vote aqui!!!:.
- Dê uma nota para meu blog!!! De preferência, boa! hehehe... ;D

Indique o bLoG dA RaSta





.:Contador:.
.:Um CliP LeGaLzIm...:.



.:Template by:.

Mystic Dream

Todos os direitos reservados ©











































































































































































 















































































































































.

[.quero.alegria.que.transforme.transborde.e.transcenda.os.limites.de.tudo.]

.



- Postado por: Pequena Rasta :) às 18h48
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!










.

.

.

...às vezes quando me perco nas horas

nas luzes

ou na aurora,

.

por dentro de tudo o que todos vêem,

mesmo que nem todas as horas,

eu me encontro

.

pra abrir os olhos,

ver o mundo

e me perder denovo...

.

só não sei se no encanto,

no encontro,

ou na aurora.

.

.

.

 



- Postado por: Pequena Rasta :) às 07h20
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!










.
.
.
...olhar ao seu lado
e conseguir enxergar nos outros
as perfeições do amanhã,
a leveza da bondade,
a liberdade do amor que paira sobre seus templuns,
e não me sentir bem com isso...
.
...o que é isso afinal?
.
olhar para o céu azul e límpido
aos olhos de quem passa
e só enxergar as nuvens que cobrem um céu fechado
querendo chorar na chuva,
toda a mágoa que queima aqui dentro
deste peito tão pequeno...
.
...o que é isso afinal?
.
tantas belezas, tantas flores,
ah! o cheiro delas!
vc já sentiu o cheiro das flores hoje?
são tão agradáveis!
me deixam suspesa por um minuto
...mas logo vem o peso dessa coisa
pra me deixar triste denovo...
.
...sem entender nada denovo.
.
vou voltar pra cama.
quem sabe a resposta
esteja entre as linhas desta parede branca.

.

.
.



- Postado por: Pequena Rasta :) às 00h13
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!










All I Really Want

All I Really Want

.
  (Tradução)
..............[Alanis Morissete]
.
Eu te tiro do sério?
Meu suéter está para trás e ao avesso
E você diz: quão apropriado é !!!
Não que eu queira dissecar alguma coisa hoje
Não que eu queira implicar com você, entende?
Mas não consigo evitar
E lá vou eu fugindo antes que o tiroteio tenha terminado
Me esbofeteie com uma régua estilhaçada
E isso me jogaria ao chão se eu já não estivesse lá
Se ao menos eu pudesse caçar o caçador
.
E tudo que realmente quero é um pouco de paciência
Um modo de acalmar a voz de ódio
E tudo que realmente quero é liberdade
.
Eu te desgasto?
Você deve se perguntar por que sou implacável e tão estressada
Eu sou consumida pelo frio da solidão
Sou como Estella
Eu gosto de atrair e depois cuspir
Estou frustrada com sua apatia
E estou assustada com os caminhos corruptos dessa terra
Se ao menos eu pudesse encontrar o Criador
E estou fascinada pelo homem espiritual
Me sinto diminuta por sua natureza simples
.
E o que eu não daria para encontrar uma alma gêmea
Alguém para entender isso
E o que eu não daria para encontrar alguém como eu
.
Basta sobre mim, vamos falar de você por um minuto
Basta sobre você, vamos falar da vida por um momento
Os conflitos, as loucuras e o som das pretensões caindo
Por todos os lados... todos os lados
.
Por que você fica petrificado em silêncio ?
Aqui, você agüenta isso?
Você pensou em suas contas, sua ex, seus prazos finais
Ou quando você pensa que vai morrer?
Ou você esperava pela próxima distração?
E tudo que preciso agora é uma relação intelectual
Uma alma com quem eu possa ir mais fundo
E não tenho outro conceito de tempo a não ser que ele voa
Se ao menos eu pudesse matar o matador
.
Tudo que realmente quero é um homem de paz
Um lugar para encontrar um algo em comum
E tudo o que eu realmente quero é uma sintonia
.
Tudo que realmente quero é algum conforto
Uma maneira de desatar minhas mãos
E tudo que realmente quero é alguma justiça...
.
.

.



- Postado por: Pequena Rasta :) às 18h25
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!










.
.
Sensação tola de querer que as coisas voltem,
vc já sentiu isso?
A frieza do vazio que me abriga sobe até onde pode e deixa minha garganta seca,
por tanto respirar e tentar esquecer o que nem sei se lembro...
...o que vejo?
O que é isso que sinto?

Ai, cabeça minha!
Te saístes tão bem em outros questionamentos,
mas quando te pergunto o que é isso a me enfeitiçar,
a me deixar tão triste quanto uma aurora perdida, tu não respondes cabecinha!

As pessoas estão vindo e indo e isso me perturbando tanto quanto o vinho
que me embebedará mais tarde, antes da última leitura,
antes de mais um sono neste colchão pequeno e menos vazio que eu.

O que já senti algum dia ainda está tão presente quanto as roupas pretas,
os cachos nos cabelos, os olhos marejados em lágrimas e a sede...
a sede de vinho e de música alta entre quatro paredes tão mórbidas meu Deus!

E o céu?
Ah! Este me mata um pouco mais a cada madrugada,
quando me vejo mais solitária que antes,
que todos os dias, ou todas as noites viradas.

Sinto falta de minha infância magnífica,
onde eu não precisava recorrer à pessoas tão sinistras para ganhar um abraço.

Isso está me consumindo mais hoje que nos outros dias...

Já tentei sorrir,
e até mesmo buscar lá no fundo
aquela estranha e sutil felicidade
que me apareceu outro dia acompanhada de um belo alívio.
Um alívio que se foi ao saber que muitos passam por mim e não sabem quem eu sou...

Isso é tão ruim...

Dou todo o carinho necessário para que as pessoas se sintam bem ao meu redor,
e mesmo assim alguns ainda acham que estão me devendo algo....
Por favor! Faço tudo de coração, e jamais em troca de alguma coisa.
Quando entenderão que certas pessoas não tem um espírito de mercado dentro de sí?

Ai que dor...
...isso machuca tanto quanto as dores reumáticas de alguns anos...
dores que vem e que vão...
porque tudo tem que vir e ir?

Nada fica?

...nada mesmo.

Sinto muito por não sentir o que devo,
sinto muito pelo trauma e o medo ser bem maior que algum desejo.

E por fazer algumas pessoas saberem que no fim de tudo nada fica...

Nada mesmo.

:/
.

 

 

 



- Postado por: Pequena Rasta :) às 20h14
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!










.
.
.
chuva...pode vir,
mas não traga os flashes
de tí eu quero só a calmaria
aquela brisa de menina
mansa e carinhosa
venha chuva, pode vir
mas nada de me fazer cair
ou zanzar feito louca
em tua tempestade tosca
que vez por outra
engole uma mosca
pode vir chuvinha
molha minha alma
leva contigo as desgraças
o cansaço de quem se sente infeliz
vai chuvinha, me mostra teu mais belo manto
cobre com tuas águas este encanto
e faz reinar essa paz que baila com teu canto.
vai chuvinha, leva embora essa escuridão
pode vir, pode ir,
que eu fico aqui
quietinha do meu velho canto
de vigília por meu pranto.
.
.
.



- Postado por: Pequena Rasta :) às 22h31
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!










.
"Traduzir poemas é tarefa difícil, especialmente os meus."
Mayacovski.
.



- Postado por: Sam às 13h02
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!










corre tempo...

corre tempo...

  ..corre tempo... tempo corre...tempo...tempo...corre...



- Postado por: Sam às 23h54
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!










dançando sob o crepúsculo
perdidos entre a indecisão
dia...noite
noite...dia
e estes corpos, pra onde vão?
a passear sob a agonia do céu
clareia...escurece
escurece..clareia
.
ah...e os corpos?
eles bailam...eles fogem...
se perdem pra se encontrar no fim
no fim que gera um começo...
...começo que vai gerar outro fim.
...ou não!
.
...vivamos o começo, o durante
e esqueçamos o fim...se ele há de vir,
nem sabemos...
então, melhor que isso faremos:
vivamos o começo, o durante
e façamos o fim se perder
no próximo crepúsculo

.

.

.



- Postado por: Sam às 21h12
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!










What did you say?

"What did you say?"

Autor: Lee Alexander

Buscar na Web "Lee Alexander"

"See my love, like a lost balloon rising up through the afternoon, and then you appeared"



- Postado por: Sam às 01h05
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!










um rabisco

uma linha

um tracejo com uma intenção embutida

a representação de uma vida

que alí esteve, embora a mente

prefira jamais ter alí vivido

pela dor que sente

que amor latente

pela dúvida

que cruelmente

esmaga os dias

em noites

de murmúria.



- Postado por: Sam às 01h01
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!










Amor

Não adormeça

Mostre-me o que essa magia pode me dar

Permita-me despertar-lhe amor

Deixe-me mostrar-lhe que embora meus talentos não sejam tão aperfeiçoados assim, ainda resta em mim um pouco de tua essência, que me foi ensinada por todos que me abrigam desde que para esta terra eu vim.

Traga de volta à vida o sorriso que guardei, as lágrimas que deixei, o pulsar deste coração frívolo, já debilitado pela frigidez e sedentarismo.

Ah...e o frio na barriga? Permita-me senti-lo novamente, consumindo minhas veias e cada célula do meu corpo.

Traga o calor, a ansiedade, o fervor de novamente sentir este amor.

 "I just want you to know who I am" (eu só quero te mostrar quem sou).

Não adormeça

Eu lhe peço! Até imploro!

Mostre-me a beleza escondida em uma flor,

A sensação de um cheiro perturbador

Mostre-me até onde tu podes levar um ser vivente

Permita-me pertencer ao teu clã

Pegue-me de uma só vez, de forma brusca e violenta e me tome como cobaia.

Mas antes de ver partir, quem tanto amei: Mate-me!

Sem dó! Faça por mim!

Não suportarei mais viver assim, como quem sempre ama sozinha e jamais teve a glória de viver em dois como um só.
.
.


- Postado por: Sam às 23h03
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!










Trecho do livro : Quando me amei de verdade
Kim McMillen & Alison McMillen

Quando me amei de verdade pude compreender que em
qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na
hora certa. Então eu pude relaxar

Quando eu me amei de verdade pude perceber que o
sofrimento emocional é um sinal de que estou indo contra
a minha verdade.

Quando me amei de verdade parei de desejar que a minha
vida fosse diferente e comecei a ver que tudo que
acontece contribui para o meu crescimento.
Quando me amei de verdade comecei a perceber como é
ofensivo tentar forçar alguma coisa ou alguém que ainda
não está preparado - inclusive eu mesmo.

Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo
que não fosse saudável. Isso quer dizer: pessoas,
tarefas e crenças que me pusessem pra baixo. Minha razão
chamou isso de egoísmo, mas hoje sei que é amor-próprio.

Quando me amei de verdade deixei de temer meu tempo
livre e desisti de fazer planos. Hoje faço o que acho
certo e no meu próprio ritmo. Como isso é bom!
Quando me amei de verdade desisti de querer ter sempre
razão, e com isso errei muito menos vezes

Quando me amei de verdade desisti de ficar revivendo o
passado e de me preocupar como o futuro. Isso me mantém
no presente, que é onde a vida acontece.

Quando me amei de verdade percebi que a minha mente pode
me atormentar e me decepcionar. Mas quando eu a coloco a
serviço do meu coração, ela se torna uma grande e
valiosa aliada.
.
.
.
(Este texto eu dedico à minha amiga May, por ter chegado à esse estágio belíssimo da vida)
.
.


- Postado por: Sam às 22h59
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!











.

Encontro dos Rios Poty e Parnaíba...
.
.

Um paraíso de calmaria
onde encontrei a harmonia perfeita
entre os sons das águas e das folhas
e a imagem que o sol ilumina
fazendo brilhar gotas transparentes,
folhas de verdes reluzentes
..e a brisa... Ah, a brisa...
me traz uma paaaaazz...
acalenta a alma perdida,
enxuga as lágrimas,
dá dormência às feridas.
Mas é só um rio, não é?
um rio que nasce sereno em algum canto
e passa por tantas curvas
tantas pedras e torturas
pra se encontrar aqui...
onde há algumas árvores de testemunha
e pessoas tentando encontrar seus rios
como estes dois se encontram
fortes, reluzentes, transparentes.

.
.



- Postado por: Sam às 00h51
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!










Sonhos ou resquícios de uma mente sem lembranças?

Sonhei com uma floresta no escuro

onde perdida eu corria à procura do inesperado

O medo arrepiava cada pêlo

e se tremia cada nervo deste corpo já sem dono

pelos cortes que levava à cada tombo

pela dor que já nem sentia diante de tamanho estrondo

a me perseguir

ao mesmo tempo, me deixando ir

Parece que aquilo a me seguir

sentia prazer e se fazia ouvir o riso

pela minha aflição ao correr
ao tentar daquilo tudo, desaparecer.

 



- Postado por: Sam às 00h11
| Se vc quiser enviar a alguém, clique aqui!!!